domingo, outubro 27, 2013

Sebastien Vettel ...mais um título no Mundial de F1 ...



Sebastian Vettel (Red Bull/Renault) sagrou-se este domingo tetracampeão do Mundo de Fórmula 1 ao vencer o GP da Índia, tornado-se, aos 26 anos, o mais jovem piloto a consegui-lo. A vitória do alemão fez com que, também já hoje, e a três corridas de terminar o Mundial , a Red Bull conquistasse o título de campeão do mundo de construtores pelo quarto ano consecutivo.Para conquistar o seu quarto título consecutivo, Vettel precisava de terminar apenas no quinto posto no circuito Buddh, em Nova Deli, mas alcançou a décima vitória da temporada, sexta seguida e 36.ª da sua carreira.O alemão, que partiu da "pole position", dominou a prova do início ao fim e completou as 60 voltas ao circuito Buddh, em Nova Deli, em 1:31.12,187 horas, terminando à frente do seu compatriota Nico Rosberg (Mercedes) e do francês Romain Grosjean (Lotus).O espanhol Fernando Alonso (Ferrari), único piloto que poderia impedir Vettel de chegar ao título, terminou em 11.º e ficou fora dos pontos.A três provas do final, ou seja, com 75 pontos por disputar, Vettel lidera o Mundial com 322 pontos, mais 115 do que Alonso, segundo classificado.O germânico, nascido em Heppenheim a 3 de julho de 1987, que bateu recordes de precocidade na conquista de todos os seus títulos, igualou o registo do francês Alain Prost, também campeão por quatro vezes, em 1985, 1986, 1989 e 1993.Depois de no ano passado ter entrado para a restrita lista dos tricampeões, juntando-se ao australiano Jack Brabham, ao britânico Jackie Stewart, ao austríaco Niki Lauda e aos brasileiros Nelson Piquet e Ayrton Senna, Vettel está somente atrás do argentino Juan Manuel Fangio, cinco vezes campeão nos primórdios da F1, e do seu compatriota Michael Schumacher, que ostenta sete títulos, cinco dos quais consecutivos (2000-2004).O germânico pode ainda tornar-se o primeiro piloto a ganhar nove corridas consecutivas numa época, se vencer as três provas que restam, em Abu Dhabi, nos Estados Unidos e no Brasil. Esse feito colocá-lo-ia também ao nível de Schumacher, com 13 triunfos num ano.
In Record (Portugal)

The Indian Grand Prix
Buddh International Circuit, India;
60 laps; 307.249km;
Weather: Smoggy.

Classified:

Pos  Driver        Team                       Time
 1.  S.Vettel         Red Bull-Renault           1h31:12.187
 2.  N.Rosberg        Mercedes                   +    29.823
 3.  R.Grosjean       Lotus-Renault              +    39.892
 4.  F.Massa          Ferrari                    +    41.692
 5.  S.Perez          McLaren-Mercedes           +    43.829
 6.  L.Hamilton       Mercedes                   +    52.400
 7.  K.Raikkonen      Lotus-Renault              +  1:07.900
 8.  Di Resta       Force India-Mercedes       +  1:12.800
 9.  A.Sutil          Force India-Mercedes       +  1:14.700
10.  D.Ricciardo      Toro Rosso-Ferrari         +  1:16.200
11.  F.Alonso         Ferrari                    +  1:18.200
12.  P.Maldonado      Williams-Renault           +  1:18.900
13.  J.Vergne         Toro Rosso-Ferrari         +     1 lap
14.  J.Button         McLaren-Mercedes           +     1 lap
15.  E.Gutierrez      Sauber-Ferrari             +     1 lap
16.  R.Bottas         Williams-Renault           +     1 lap
17.  M.Chilton        Marussia-Cosworth          +    2 laps
18.  J.Bianchi        Marussia-Cosworth          +    2 laps
19.  N.Hulkenberg     Sauber-Ferrari             +    6 laps

Fastest lap: Raikkonen, 1:27.679


Sebastian Ogier - campeão do WRC 2013


          Apesar de ter entrado no derradeiro troço apenas com 1.5s de avanço para Jari-Matti Latvala, Sébastien Ogier venceu com grande facilidade do Rali da Catalunha ao acrescentar mais 31.4s à margem que já trazia, um desfecho que se previa, já que apesar do azar de ter furado no segundo dia de prova, o francês acabou por entrar para a derradeira etapa numa posição na ordem de partida para os troços pouco menos que perfeita para as suas aspirações. Tendo em conta que o último dia do Rali da Catalunha se disputou em pisos de terra, Ogier não deixou os seus créditos por mãos alheias, vencendo quatro dos seis troços de hoje e ficando sempre à frente dos seus adversários diretos na luta pela vitória.Com o segundo lugar de Jari-Matti Latvala a Volkswagen alcança a primeira dobradinha do ano, com o finlandês a recuperar alguns pontos a Thierry Neuville, que foi quarto, na luta que mantêm pelo segundo lugar do Mundial. Terceiro lugar para um apagado Mikko Hirvonen. O melhor que conseguiu em especiais foram dois terceiros lugares e só no último dia de rali quando já existiam menos pilotos a lutar por posições. Na geral andou sempre entre o quinto e sexto lugar e só na derradeira etapa beneficiou dos abandonos de Sordo e atraso de Neuville.

In Autosport.pt




Classificação Geral Absoluta
                                            
1
Ogier Sebastien / Ingrassia Julien
Volkswagen Polo R WRC
2
Latvala Jari-Matti / Anttila Miikka
Volkswagen Polo R WRC
00:32.9
3
Hirvonen Mikko / Lehtinen Jarmo
Citroën DS3 WRC
01:13.7
4
Neuville Thierry / Gilsoul Nicolas
Ford Fiesta RS WRC
01:33.9
5
Novikov Evgeny / Minor Ilka
Ford Fiesta RS WRC
02:01.0
6
Østberg Mads / Andersson Jonas
Ford Fiesta RS WRC
02:26.0
7
Prokop Martin / Ernst Michal
Ford Fiesta RS WRC
04:55.8
8
Paddon Hayden / Kennard John
Ford Fiesta RS WRC
06:55.7
9
Kubica Robert / Baran Maciej
Citroën DS3 RRC
11:24.1
10
Al-Kuwari A. / Duffy Killian
Ford Fiesta RS WRC
13:26.8
                                                                 

sábado, outubro 19, 2013

Nos tempos da Subaru no WRC...


Colin McRae 2º na Catalunha mas com o título Mundial assegurado em 1995
(foto de Martin Holmes)


Keneth Eiksson a caminho da vitória na Nova Zelândia em 1997
(foto de Martin Holmes)


Chis Atkinson 5º nos 1000 Lagos com o último Imprenza WRC2007
(foto de Martin Holmes)



Colin McRae ... foi sem dúvida o mais talentoso dos pilotos da Sabaru ...



Numa época em que as marcas japonesas estão afastadas do WRC, não podemos deixar de recordar a Subaru, como uma pequena marca que de certa forma se confundiu com a Provide e que venceu três campeonatos do mundo rallys nas temporadas de 1995, 1996 e 1997 e permitiu ainda os dois melhores pilotos britânicos, em termos de resultados no WRC o título mundial, Colin McRae (1995) e Ricard Burns (2001). Pela equipa passaram vários campeões do WRC e que tanto contribuíam para o seu sucesso no Mundial de Rallys casos de Ary Vatanen, Carlos Sainz, Jukka Kannkunen, Tommi Makkinen e Petter Solberg. Entre os grandes pilotos que passaram pela Saburu,  foi sem dúvida Colin McRae que obteve 16 vitórias e  25 pódios, mas o recorde dos pódios ficaria para Peter Solberg que fez 26, mas obteve 13 vitórias . Os restantes pilotos que chegaram à vitória com a versão do imprensa, foram Richard Burns (8); Carlos Sainz (4); Jukka Kankkunen (2); Keneth Eiksson (2); Tommy Makkinen (1) e Piero Liatti (1).  A primeira versão, a vencer uma prova do WRC foi o Legacy 4 WD em 1983 na Nova Zelândia, mas foi com o Imprenza 555 que a marca obteria nada menos que 11 vitórias e com as várias versões do Imprenza WRC as restantes 35 vitórias ( WRC97 –( 8); WRC99 (6); WRC2004 (6); WRC2003 ( 4); WRC2000 (3); WRC98 (3); WRC2001 (2 ); WRC2005 (2) e WRC 2002 (1)  das 47 absolutas que a marca obteve. Uma das curiosidades que marcou a presença da Subaru no WRC foi a sua cor azul que foi associada à marca com o patrocínio da empresa de tabacos 555. Segundo algumas fontes, a marca nipónica chegou a recusar alguns patrocinadores que  exigiam a mudança da cor das suas viaturas !!! …. Mas a Saburu fez  carreira com êxitoem outros campeonatos internacionais, permitiu a Andrea Navarra a vitória no Europeu de Rallys em 1998; no Campeonato Africano de Rallys foram onze os títulos de pilotos conquistados pela marca nipónica; no campeonato Ásia Pacífico foram oito, com o australiano Cody Crocker a somar à sua conta quatro, menos um que Nasser Al Attiyah  no campeonato do Médio Oriente.  Por último, uma das curiosidades que marcou a presença da Subaru no WRC foi a sua cor azul que foi associada à marca com o patrocínio da empresa de tabacos 555. Segundo algumas fontes, a marca nipónica chegou a recusar alguns patrocinadores que  exigiam a mudança da cor das suas viaturas !!! … A Subaru trouxe para os rallys com sucesso o motor boxer e a tecnologia 4WD que manteve até ao fim da sua carreira


domingo, outubro 13, 2013

Sebastien Vettel mais próximo do título ...




Sebastien Vettel voltou a vencer mas sem o domínio absoluto que nos tem habituado
(in Auto Motor Und Sport) 




Mark Webber foi com muita dificuldade que assegurou a dobradinha da Red Bull
(in Grand Prix.Com)


Romain Grosejan liderou mais de metade da corrida e foi o único piloto que andou ao nível dos RB9 (in Active Pictures)


           

Sebastien Vettel obteve no GP do Japão, a sua 5ª vitória consecutiva, a 9º vitória no Mundial de F1 de 2013 e a 35ª vitória da sua carreira. Porém e apesar de o germânico ter partido da 1ª fila só chegou à liderança na 41º volta, quando passou Romain Grosejan que fez um excelente Grand Prix  tendo perdido o 2º lugar para Mark Webber já no final da prova na antepenúltima volta. De certo modo, o interesse da prova situou-se neste trio, nomeadamente a meio da prova quando Mark Webber pressionava o francês, sem conseguir chegar à liderança e descolar da mesma definitivamente na volta nº26 quando fez uma das suas paragens. A partir de então, Sebastien Vetel forçou o andamento e aproveitando a paragem de Romain Grosejan na volta nº30  passa para a liderança, mas por pouco tempo, pois uma passagem pela boxe deixa o piloto da Lotus de novo na frente mas apenas por duas voltas pois a partir da nº 43 volta,  Sebastien Vettel assume a liderança a caminho de mais uma vitória, numa fase da temporada que os RB9 a nível de competitividade não têm adversários. Fernando Alonso, foi incapaz de andar na frente e só na volta nº46 consegui libertar-se de Nico Hulkenberg numa prova em que os Sauber C32 estiveram a um nível muito bom permitindo a Esteban Gutierrez (7º) marcar os seus primeiros ponto na Fórmula, sendo o 322º piloto a fazê-lo. Kimi Reikkonen obteve um modesto 5º posto numa prova em que o finlandês fez uma prova muito discreta,   na Mercedes um modesto 8º posto para Nico Rosberg após o afastamento prematuro de Lewis Hamilton no decorrer da 9ª volta. Na Mclaren nada de novo o MP4-28 é de facto um projecto falhado e Jenson Button (9º) limitou-se a ultrapassar um desmotivado Filipe Massa em cima da linha da meta quando o seu objectivo neste momento é encontrar um team para a temporada de 2014   

Classificação Geral Provisória

Suzuka, Japão;                                                 
53 voltas, 307,471 km;                                            
Clima: seco.                                                  

1.Sebatian Vettel/ Red Bull RB9-Renault 1h37.410s  
2. Mark Webber /Red Bull RB9-Renault7,1 s 
3.Romain Grosjean /Lotus E21-Renault 9,9 s 
4.Fernando Alonso/ Ferrari F138 - 45,6 s
5.Kimi Raikkonen /Lotus E21-Renault 47,3
6. Nico Hulkenberg /Sauber C32-Ferrari 51.6s
7. Esteban Gutierrez/ Sauber C32-Ferrari 1 m11.6s          
 8. Nico Rosberg /Mercedes W04  +1 m12.0s           
 9. Jenson Button /McLaren-Mercedes MP4/28 +1 m20.8s          
10. Felipe Massa /Ferrari F138 +1m29.2s          
11. Paul di Resta /Force India-Mercedes VJM06 +1 m38.5s          
12. Jean-Eric Vergne /Toro Rosso-Ferrari STR8 +1 volta          
13. Daniel Ricciardo /Toro Rosso-Ferrari  STR8 +1 volta          
14. Adrian Sutil /Force India-Mercedes +1 volta          
15. Sergio Perez /McLaren-Mercedes  MP4/28 +1volta            
16. Pastor Maldonado/ Williams-Renault FW 35+ 1 volta          
17. Valtteri Bottas/ Williams-Renault  FW35 +1volta          
18. Charlies Pic /Caterham-Renault  CT03+1 volta          
19. Max Chilton/ Marussia-Cosworth MR02 +1 volta  

               O domínio da Red Bull neste fim-de-semana em Suzuka iniciou-se logo na qualificação com Mark Webber a impor-se a Sebastien Vettel que só não chegou à pole devido a problemas como o KERS. Lewis Hamilton superou um motivado Romain Grosejan que demonstra cada vez mais que está "pronto" para exercer as funções de primeiro piloto da Lotus. Filipe Massa superou Fernando Alonso, mostrando-se muito competitivo e dividindo a terceira linha com Nico Rosberg. Nico Hulkenberg por sua vez foi mais rápido que Fernando Alonso, num momento em que a rapidez e a consistência do piloto alemão tem suscitado a atenção de várias equipas de top falando-se já na sua possível contratação pela Mclaren. Kimi Reikkonen e Jenson Button habituados a outros voos fecharam o top 10 (5ºlinha). De assinalar a má qualificação de Paul Di Resta e dos Toro Rosso, de quem se esperaria mais.

Tempos da qualificação 

1. Mark Webber Red Bull-Renault 1m30.915s                 
 2. Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1m31.089s 0,174 s        
 3. Lewis Hamilton Mercedes 1m31.253s 0,338 s        
 4. Romain Grosjean Lotus-Renault 1m31.365s 0,450 s        
 5. Felipe Massa Ferrari 1m31.378s 0,463 s        
 6. Nico Rosberg Mercedes 1m31.397s 0,482 s        
 7. Nico Hulkenberg Sauber-Ferrari 1m31.644s 0,729 s        
 8. Fernando Alonso Ferrari 1m31.665s 0,750 s        
 9. Kimi Raikkonen Lotus-Renault 1m31.684s 0,769 s        
10. Jenson Button McLaren-Mercedes 1m31.827s 0,912 s        
11. Sergio Perez McLaren-Mercedes 1m31.989s 0,699 s        
12. Paul di Resta Force India-Mercedes 1m31.992s 0,702 s        
13. Valtteri Bottas Williams-Renault 1m32.013s 0,723 s        
14. Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari 1m32.063s 0,773 s        
15. Pastor Maldonado Williams-Renault 1m32.093s 0,803 s        
16. Daniel Ricciardo Toro Rosso-Ferrari 1m32.485s 1,195 s        
17. Adrian Sutil Force India-Mercedes 1m32.890s 1,066 s        
18. Jean-Eric Vergne Toro Rosso-Ferrari 1m33.357s 1,533 s        
19. Max Chilton Marussia-Cosworth 1m34.320s 2,496 s        
20. Charles Pic Caterham-Renault 1m34.556s 2,732 s        
21. Giedo van der Garde Caterham-Renault 1m34.879s 3,055 s        
22. Jules Bianchi Marussia-Cosworth 1m34.958s 3,134 s         

domingo, outubro 06, 2013

Sebastien Ogier o novo Rei do WRC ???...


Sebastian Ogier venceu na estrada e no WRC ...é o novo campeão.
(foto de Jean Marc Camelin in Ewrc.cz)


Dani Sordo ...não ganhou mas fez uma das melhores provas da sua carreira ...
(foto de Jean Marc Camelin in EWRC.CZ)

Roberto Kubica ...venceu o WRC2 e entrou no top 10
(Jean Marc Camelin in EWRC.CZ)

Sebastian Ogier é o novo campeão do mundo do WRC, ao vencer o Rally de France. O francês que iniciou de forma muito modesta a edição de 2013 com uma sexta-feira sem vencer uma única especial, recuperou no sábado e esta manhã entrou deliberadamente ao ataque logo na primeira especial do dia a SS15-Vignoble de Cleeboug 1 e após mais duas vitórias, limitou-se a controlar os acontecimentos. Deixando para Dani Sordo (SS18), J.M.Latvala (SS19) e para Thierry Neuville (SS20) o sabor das vitórias nas especiais finais da prova. Dani Sordo que acabou por fazer um excelente rally sendo sistematicamente mais rápido que Sebastien Loeb, viu a vitória escapar logo na especial de abertura quando perdeu cerca de 8.4s para Sebastien Ogier, “ a muita lama e água” foram para o espanhol as causas da perda de tantos segundos, apesar de ter sido o segundo mais rápido na especial. Mas n SS16-Bischwiller - Gries 1 (7,95 km), Dani Sordo não  ia além da 4º posição, queixando-se do piso escorregadio e das muitas pedras nas zonas laterais das bermas … na verdade o rally estava decidido e o DS3 WRC era incapaz de lutar abertamente com o novo líder e futuro vencedor da prova. Jari Matti Latvala voltou a desapontar os homens da W Motorsport perdendo tempo sistematicamente para Dani Sordo, fazendo esquecer a sua excelente performance no sábado, quando tudo indicava que era capaz de vencer a prova. Mas logo após o final do primeiro troço da manhã ficava pela 5ºposição, perdendo muito tempo e afirmando no final da especial “ afirmando que com aquelas condições atmosféricas era impossível ser mais rápido. Thierry Neuville herdou um excelente 4º lugar numa prova em que mostrou que era capaz de vencer mas o furo de sábado há tarde deitou tudo a perder. De facto em condições normais, o belga terminaria no top 5, mas Sebastien Loeb ficou fora de prova logo na início da etapa, capotando numa altura em que não se mostrava capaz de disputar a liderança do rally, não se impondo a Dani Sordo no seio da Citroen e perdendo em luta directa com Sebastien Ogier numa luta muito particular entre os dois franceses que vinha desde a época em que ambos eram pilotos oficias da Citroen … para o campeoníssimo francês um rally infeliz nesta última passagem pelo WRC ? …. Evgeny Novikov terminava no top 5 á frente de um desmotivado Miko Hirvonen que começa a ver em perigo a sua continuidade no seio da Citroen. Por último, de destacar a excelente prova do ex-piloto da F1, Roberto Kubica, que não se despistou e como tal uma vitória sem contestação na categoria do WRC2 e um lugar no top 10. Classificação Geral         

 1. Sebastien Ogier / VW Polo R4 WRC/ 2h53m07.6s
 2. Dani Sordo /Citroen DS3 WRC/ 12,2 s
 3. Jari-Matti Latvala / VW Polo R4 WRC/ 19,5 s
 4. Thierry Neuville M-Sport Ford Fiesta RS WRC a 1m14.1s
 5. Evgeny Novikov M-Sport Ford Fiesta RS WRC a 1 m10.9s
 6. Mikko Hirvonen /Citroen DS3 WRC/ 3 m37.7s
 7. Andreas Mikkelsen /VW Polo R4 WRC/ 1m04.2s
 8. Mads Ostberg /M-Sport Ford Fiesta WRC/ 4 m35.2s
 9. Robert Kubica PH Citroen Fiesta RR +9 m31.4s
10. Romain Dumas / M-Sport Ford Fiesta WRC RS +11 m55.8s



sábado, outubro 05, 2013

Jari Matti Latvala o terceiro líder ... num rally onde tudo está em aberto....



Jari Matti Latvala um piloto de terra que se impõs hoje no asfalto francês se vencer nenhuma especial.... ( foto deHonza Fronel -Rally Mania.CZ) 


Dani Sordo ... o melhor dos DS3 WRC ...à procura da vitória
( Kevin Gued in EWRC.CZ)


Sebastien Ogier venceu quatro especiais e está na luta pela vitória....
(foto de Kevin Gued in EWRC.CZ)


           
Com um atraso de 10 minutos motivada pela multidão de espectadores que se encontravam ao longo da primeira especial do dia de hoje a SS8-Hohlandsbourg – Firstplan 1, com os seus 29 Km, foi percorrido sob intenso nevoeiro e com muita chuva à mistura, toda a caravana do rally optou por pneus mistos e no meio do temporal Sebastien Ogier venceu finalmente uma especial com 1.5s de vantagem sobre Thierry Neuville que se intercalou entre os dois Polos de fábrica. Por sua vez Sebastien Loeb seria o mais rápido dos DS3 ganhando quase 1s a Dani Sordo, muito cauteloso e na expectativa que é de resto uma das qualidades do espanhol. Na, SS9-Munster Valley 1 (16,73 km) , o top 5  praticamente manteve-se apenas com Sebastien Ogier a obter a segunda vitória especial do dia e com Dani Sordo a ganhar nada menos que 8s a Sebastien Loeb que todavia fechava o top 5. Na SS10-Soultzeren - Welche País 1 (19,93 km), Sebastien Loeb rodou ao seu melhor nível batendo os dois Wolswagen de fábrica com Jari Matti Latvala à frente de Sebastien Ogier, mas Thierry Neuville errou e perdeu cerca de 6s para o campeoníssimo francês, Dani Sordo era uma vez mais 4º na especial mas aproximava-se do belga da MS-Sport. Mas o pior, estava para vir, para o piloto do Ford Fiesta RS WRC na ES12-Vallée de Munster 2 (16,73 km)  furou perdendo mais de um minuto caindo para a 5ª posição e permitindo a Dani Sordo chegar à liderança num rally , uma vez que avisado pela equipa aumentou o ritmo no final da especial o suficiente para manter-se à frente de Jari Matti Latvala, numa especial em que Sebastien Ogier voltou a ganhar, a terceira do dia, pondo em evidência o equilíbrio do Polo R4 WRC que no dia de ontem esteve tinha desapontado a equipa germânica. Debaixo de autêntico temporal, Thierry Neuville andou no máximo, afirmando todavia que não correu riscos e rodou sempre com uma margem de segurança, que lhe permitiu vencer a sua primeira especial de hoje disputada na segunda passagem em   Soultzeren - Welche Country 2 (19,93 km), mas as atenções estavam agora voltadas para a luta entre Dani Sordo e Jari Mati Latvala, o piloto do Polo R4 WRC, igualava o tempo de Sebastien Loeb, 2º na especial e ganhando 2s ao espanhol que se mantinha na liderança com apenas 6 décimos de vantagem. A etapa terminava com a super especial disputada na SS14-Mulhouse (4,65 milhas), com a quarta vitória de Sebastien Ogier e com uma dobradinha da Wolswagen que coloca Jari Matti Latvala na liderança do Rally de France com 4 décimos de vantagem sobre Dani Sordo, o que significa que teremos uma manhã muito competitiva, em decisão da vitória absoluta. Ao três líderes do rally  no Park Service deixariam os seus depoimentos, Hierry Neuville “ Estou muito desapontado, mas cometi um erro, este furo, mas foi o primeiro do ano. Dani Sordo por sua vez afirmou “ Esta luta pela liderança tem sido uma loucura, mas é muito bom que assim aconteça, vamos tentar tudo amanhã” por sua vez o novo líder : Esta corrida pela liderança do rally tem sido impressionante há muito que não se via, mas tudo está em aberto, estamos colados uns aos outros” … ou seja, também o finlandês estará na ofensiva na manhã de domingo …       
  
Classificação final provisória.

1º           J. M. Latvala/M. Anttila      VW Polo R WRC               2m 18 .53s
2º           D. Sordo/C. Barrio              Citroën DS3 WRC             a 0.4s
3º           S. Ogier/J. Ingrassia           VW Polo R WRC               a 1.5s
4º           S. Loeb/D. Elena                Citroën DS3 WRC             a 5s
5º           T. Neuville/N. Colsoul       Ford Fiesta WRC              a 1m05,4s
6º           E. Novikov/I. Minor           Ford Fiesta WRC              a 1m06,3s
7º           M. Hirvonen/J. Lehtinen   Citroën DS3 WRC             1 m10,4s
8º           M. Ostberg/J. Andersson   Ford Fiesta WRC              a 2m57,2s
9º           A. Mikkelsen/P. Nagle      VW Polo WRC   a 3m19,2s
10º         M. Prokop/M. Ernst          Ford Fiesta WRC              a 5m25,2s




sexta-feira, outubro 04, 2013

Thierry Neuville lidera o Rally de France ....




Thierry Neuville impõe o Fiesta de forma surpreendente nesta 1ª etapa.
 ( foto de Vladislaw Maschl)


Dani Sordo surpreende Loeb e lidera entre os DS3 ( foto de Vladislaw Maschl)


A Woslwagen em dificuldades no asfalto galês ( foto de Honza Frenek) 





Thierry Neuville a grande surpresa da temporada do WRC de 2013, dominou de forma surpreendente a 1ªetapa do Rally de França, o belga impôs-se a partir da 5º especial de classificação impondo-se a Sebastien Loeb que faz a despida dos rallys e que até então se mostrava o mais rápido, em parte pelo tempo efectuado com o piso molhado na 3ª classificativa, porém a partir da 5º especial o francês, não só foi incapaz de acompanhar o belga como foi sistematicamente batido por Dani Sordo, que é sempre muito rápido no asfalto, mas incapaz de acompanhar o ritmo de Sebastien Loeb, as mais escolhas de pneumáticos explicam o insucesso do piloto da Citroen. O sucesso de Thierry Neuville em parte se deve a equipa M Sport que forneceu pneus para piso seco enquanto a concorrência optou pelos pneus mistos. Na Wolswagen a decepção tem sido Sebastian Ogier que não tem acompanhado o ritmo de Jari Matti Latvala, que só anda melhor que o francês em pisos de terra.     

Classificação official (top 10):

1. Thierry Neuville/ M-Sport Ford Fiesta WRC - 1h08m56.5s; 2. Dani Sordo/ Citroen DS3 WRC - 9,8 s ;3. Jari-Matti Latvala / VW  Polo WRC -11,8 s;4. Sebastien Loeb /Citroen DS3 WRC - 12,2 s ;5. Sebastien Ogier/ VW  Polo WRC -28,7 s:6. Evgeny Novikov /M-Sport Ford  Fiesta WRC - 1m03.6s ;7. Andreas Mikkelsen/ VW Polo WRC/ +1 m26.4s;8. Mikko Hirvonen /Citroen DS3 WRC +1 m33.5s;9. Mads Ostberg/ M-Sport Ford Fiesta WRC - 1m m37.5s: 10. Martin Prokop /Checa Ford  Fiesta WRC/ -2 m36.3

segunda-feira, junho 10, 2013

Sebastien Vettel dominou no Canadá numa prova sem história ...


Sebastien Vettel uma vitória fácil  (in Auto Motor)


Fernando Alonso impediu o monopólio Red Bull -Mercedes (in Auto Motor)


Lewis Hamilton demonstrou que W04 continua muito competitivo (in Auto Motor)


Sebastian Vettel venceu e convenceu, dominando de princípio ao fim o GP do Canadá, obtendo a 29ª vitória da sua carreira e a terceira do ano que lhe permite isolar-se no Mundial de pilotos. Com a pista seca, a primeira parte da prova foi dominada pelos Reb Bull e Mercedes, de forma incontestável. Porém a partir da 31ªvolta assistiu-se ao ataque de Mark Webber e de Fernando Alonso, a Nico Rosberg que rodava em 3º depois de uma excelente partida, perdendo a sua posição para o australiano e depois para o espanhol. A partir de então o Ferrari F 138, não deixou de ganhar posições, primeiro a Mark Webber que depois de um toque com  Van der Garde não foi capaz de suster o ataque de Fernando Alonso, que a partir da 60ª volta partia no encalce de Lewis Hamilton ultrapassando o piloto da Mercedes que se limitou a garantir um lugar no pódio. Numa prova com pouca história, salienta-se o 6º posto e a melhor posição numa prova de F1 de Jean-Eric Vergne e o resultado de conjunto dos Force Índia, Paul Di Resta (7º) beneficiou da estratégia de paragens e Adrian Sutil (10º)  que apesar de penalizado por ignorar as bandeiras azuis terminou nos pontos. Na Mclaren mais uma corrida sem marcar pontos e na Wiliams a excelente qualificação de Valtteri Bottas não se confirmou em corrida.
Classificação Oficial: 1. Sebastian Vettel- Red - Bull-Renault RB9- 1h32m09.143 ;2. Fernando Alonso - Ferrari F138 + 14.408s ;3. Lewis Hamilton- Mercedes W04 + 15.942s ;4. Mark Webber- Red Bull-Renault RB9 + 25.731s; 5. Nico Rosberg- Mercedes W04 1m09.725s + 6. Jean-Eric Vergne- Toro Rosso-Ferrari STR8 + 1 volta ;7. Paul di Resta Force India-Mercedes + 1 volta ;8. Felipe Massa Ferrari F138 + 1 volta ;9. Kimi Raikkonen Lotus-Renault E21 + 1 volta ;10. Adrian Sutil Force India-Mercedes + 1 volta ;11. Sergio Perez -McLaren-Mercedes MP4/28 + 1 volta ;12. Jenson Button - McLaren-Mercedes MP4/28 + 1 volta ;13. Romain Grosjean - Lotus-Renault E21 + 1 volta ;14. Valtteri Bottas Williams-Renault FW35 + 1 volta
15. Daniel Ricciardo Toro Rosso-Ferrari STR8 + 2 voltas ;16. Pastor Maldonado Williams-Renault FW35 + 2 voltas ;17. Jules Bianchi Marussia-Cosworth MR02 + 2 voltas ;18.
Charles Pic Caterham-Renault CT103 + 2 voltas ;19. Max Chilton Marussia-Cosworth MR02 + 3 voltas
20.
Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari  C32+ 7 voltas


sábado, junho 08, 2013

Sebastien Vettel o melhor na chuva que caiu no circuito Gilles Villenueve


Sebastien Vettel mais uma pole a nº39 (in DR/Nextgen.Auto.com)


Lewis Hamilton falhou a 4ºpole consecutiva para a Mercedes (in DR/Nextgen.Autocom)


Na Wiliams a surpresa foi Valtteri Bottas que aproveitou a chuva para supera as dificuldades do FW35


Sebastien Vettel obteve a 39º pole position no GP do Canadá, numa sessão de qualificação com a pista molhada onde os Red Bull e os Mercedes foram ao longo da sessão os chassis mais eficazes. Mas sem dúvida que a chuva foi o protagonista de sessão, obrigando a caravana, logo no inicio de qualificação, trocar de pneumáticos, substituindo os super macios pelos intermédios. Na primeira sessão, o nevoeiro chegou a cair sobre a pista e Sebastien Vettel seria o mais rápido. Na mesma, ficavam eliminados de forma surpreendentemente Paul Di Resta e Romain Grosejan, que tinham realizado bons tempos nos treinos livres. Na segunda sessão de qualificação Lewis Hamilton seria o mais forte e terminava a qualificação na primeira linha (2º). Nesta segunda fase da qualificação, a Mclaren voltava a não ser feliz e nenhum dos seus chassis tomaria parte na 3ºsessão da qualificação. Valtteri Botas seria a surpresa da sessão ao se classificar na 3ª posição, numa fase em que Pastor Moldonato eliminado queixava-se de falta de competitividade do FW35. Nico Rosberg completa a segunda linha à frente de Mark Webber que foi “penalizado” pela chuva que caía incessantemente na última volta de qualificação quando o RB9 mostrava-se capaz de lutar pela pole. A Ferrari voltou a ter em Fernando Alonso (6º) o melhor piloto já que Filipe Massa ficou fora da qualificação novamente por despiste. Interessante a classificação de A.Sutil 8º que á “eliminação” no último minuto da segunda sessão terminando no top 10 tal como os Toro Rosso. Para amanhã as expectativas são muitas pois se o tempo estiver bom, as surpresas poderão acontecer atendendo que “toda a gente” rodou com acertos para pista molhada.    
Classificação da sessão:
1. Sebastian Vettel Red Bull-Renault RB9 1m25.425s   ;2. Lewis Hamilton Mercedes W04 1m25.512s + 0.087s ;3. Valtteri Bottas Williams-Renault 1m25.897s + 0.472s ;4. Nico Rosberg Mercedes W04 1m26.008s + 0.583s ;5. Mark Webber Red Bull-Renault RB9 1m26.208s + 0.783s ;6. Fernando Alonso Ferrari F138 1m26.504s + 1.079s ;7. Jean-Eric Vergne Toro Rosso STR8-Ferrari 1m26.543s + 1.118s 8. Adrian Sutil Force India-Mercedes 1m27.348s + 1.923s ;9. Kimi Raikkonen Lotus-Renault E21 1m27.432s + 2.007s ;10. Daniel Ricciardo Toro Rosso-Ferrari STR8 1m27.946s + 2.521s
 Q2 tempo de corte: 1m36.811s Gap **
11. Nico Hulkenberg Sauber-Ferrari C32 1m29.435s + 1.786s;12. Sergio Perez McLaren-Mercedes MP/4 28 1m29.761s + 2.112s;13. Pastor Maldonado Williams-Renault 1m29.917s + 2.268s;14. Jenson Button McLaren-Mercedes MP4/28 1m30.068s + 2.419s;15. Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari C32 1m30.315s + 2.666s;16. Felipe Massa Ferrari F138 1m30.354s + 2.705s
Q1 tempo de corte: 1m24.776s Gap *
17. Paul di Resta Force India-Mercedes 1m24.908s + 2.590;18. Charles Pic Caterham-Renault 1m25.626s + 3.308;19. Romain Grosjean Lotus-Renault E21 1m25.716s + 3.398;20. Jules Bianchi Marussia-Cosworth 1m26.508s + 4.190;21. Max Chilton Marussia-Cosworth 1m27.062s + 4.744;22. Giedo van der Garde Caterham-Renault 1m27.110s + 4.792



domingo, junho 02, 2013

J.M.Latvala a vitória esperada ...


J.M.Latvala dominou os acontecimentos a partir da 2ª Etapa (in WRC)


Dani Sordo, continua incapaz de chagar às vitórias


Andrea Mikkelsen dominou a 3ª etapa ...(in Motor-mania)






Com duas especiais em sistema de ronde, a prova de hoje apenas servia para J.M.Latvala cumprir as quatro classificativas evitando qualquer erro e precavendo-se de qualquer furo, para chegar à vitória absoluta. Já que os seus adversários, tinham perdido muito tempo nas duas etapas anteriores e também eles estavam preocupados para defender os seus lugares no pódio. A abrir as hostilidades tivemos logo na primeira especial do dia,  Pissia ES11-1 (11,47 km), com Andrea Mikkelsen a vencer a especial, numa luta pelo quarto lugar, ganhando cerca de 9s a Al Attiyah, mas o finlandês no final da classificativa, estava surpreendido e diria: “ Não vamos atacar pois precisamos de chegar ao fim”. Ao contrário, E.Novikov arriscava tudo e era o segundo mais rápido, numa luta com Miko Hirvonen pela 8ª posição, o russo que apenas ganhara um segundo, procurava acertar o Fiesta WRC para um melhor desempenho nas especiais seguintes. Na frente do rally, os primeiros estavam conformados com as suas posições J.M.Latvala a controlar D.Sordo e este apenas afirmava “ … que não havia nada a ganhar…”. Thierry Neuvile muito satisfeito diria “mais uma bela especial … sem erros”. No final da 1ª Ronde,   Loutraki ES12-1 (30,14 km), Andrea Mikkelsen, mostrava que estava ao ataque ao contrário do que afirmara algum tempo antes, volta a ser o mais rápido e admitiu “ tenho que prestar mais atenção pois cometi três ou quatro erros” . S.Ogier (2º) apesar de ter andado nos limites ficou a sete segundos do finlandês, o que o desagradou de tal forma que só voltará a arriscar na Power Stage à procura de pontos. Se J.M.Latvala (4º) continuava a um ritmo que lhe permitia controlar os acontecimentos … Dani Sordo (8º) perdia mais tempo, evitando as bermas procurando não cometer qualquer erro. De regresso à prova, com a realização da especial Pissia SS13-2 (11,47 km), confirmava-se o excelente final de prova de Andreas Mikkelsen que voltava a ser o mais rápido, seguido de Al-Attiyah que admitia que “ Procuramos atacar o Mikkelsen, mas não queremos correr risco”, enquanto E.Novikov (3º) tal como já tinha afirmado S.Ogier, “ vou atacar na Power Stage” … mais calmo J.M.Latvala (5º) rematava:” Vamos nos concentrar para vencer o Rally e não a Power Stage. E assim foi o piloto da W Motorsport vence a Power Stage em luta com E.Novikov que também andou nos limites e foi enquanto andou sem problemas a grande surpresa do Rally. J.M.Latvala, por sua vez decidiu o rally na 2ª etapa, perante um Dani Sordo, que continua a ser um eterno segundo e que esperava um desaire do piloto da W Motorsport.Thierry Neuville fez uma boa prova, não arriscou mas defendeu com muito mérito o seu primeiro pódio no WRC .Classificação Geral (Top 10) 1.  Jari-Matti Latvala / VW  Polo R WRC / 3h01m54.9s; 2.  Dani Sordo   /       Citroen  DS3 WRC  /    + 1m50s; 3.  Thierry Neuville  /  M-Sport Ford  Fiesta WRC + 2m14.1s; 4.  Andreas Mikkelsen /  VW  Polo R WRC           + 3m55.1s; 5.  Nasser Al-Attiyah   M-Sport Ford Fiesta WRC  + 4m16.2s; 6.  Mads Ostberg        M-Sport Ford  Fiesta WRC + 5m48.7s;7.  Martin Prokop       Czech Ford  Fiesta WRC   + 7m22.4s; 8.  Mikko Hirvonen      Citroen DS3 WRC       + 7m56.2s; 9.  Evgeny Novikov      M-Sport Ford Fista WRC  + 8m11.8s 10.  Sebastien Ogier     VW Polo R WRC           + 10m10.3s